Login de Membros
Post Info TOPIC: O que é correto fazer à mesa em diversas ocasiões


Assistente de Chef de cozinha

Estado: Offline
Mensagens: 5475
Data:
O que é correto fazer à mesa em diversas ocasiões
Link permanente  
 


Qualquer que seja o tipo de refeição - familiar, informal (à americana) ou formal (à francesa) - há regras de conduta social que são básicas. Servem para todos os momentos à mesa, seja em nossa própria casa, seja na de parentes ou amigos, seja num restaurante.



  • Manter boa postura à mesa. Deve-se sentar ereto, a uma distância de uns 20 cm da borda. Jamais transformar o assento em cadeira de balanço.Não se esparramar ou escarrapachar na cadeira. Não se debruçar sobre a mesa.


  • Ao comer ou cortar um pedaço de carne, manter os braços junto ao corpo. Não "abrir asas".


  • Havendo um guardanapo de tecido, colocá-lo sobre os joelhos. Terminada a refeição, deixe-o solto sobre a mesa, não o redobrando direitinho. Isso indica que ele deverá ser lavado e passado.


  • Sendo um guardanapo de papel, mantê-lo ao lado esquerdo do prato. Não o amassar, muito menos transformá-lo numa bolota.


  • Numa refeição formal só começar a comer quando a anfitriã levantar os seus próprios talheres da mesa. Se houver muita gente e o primeiro prato for quente, cabe ao anfitrião ou anfitriã dizer: "Por favor, comecem. Essa sopa é uma delícia... quente!" .




  • Em casa, só começar a comer quando a última pessoa foi servida.


  • Permanecer com a boca fechada enquanto mastiga. Trata-se de grande falta de modos e de respeito para com os demais falar com a boca cheia.



  • Palitar os dentes é abominável. Mesmo em família. Quem precisar mesmo usar um palito, dada a conformação da sua arcada dentária, deve fazê-lo no banheiro. Se for um banheiro de restaurante, não deixar ninguém ver a "palitação".



  • Servir-se de proções modestas. Não sobrecarregar o garfo. Não encher muito o prato. É melhor repetir do que deixar sobras. Deixar no prato, além de um gesto de má-educação, é um grande desperdício.


  • Como anfitrião, servir primeiro aos convidados, e por último a si próprio.


  • Não assoprar a sopa, se estiver quente. Esperar que esfrie naturalmente. Barulho, nem pensar. Levar a colher à boca pela lateral, nunca pela frente.


  • Não esfregar pratos, copos e talheres com o guardanapo. Nem em restaurante, discretamente. Se suspeitar da higiene do local, é melhor que não o freqüente! Na casa de alguém, essa atitude é impensável, pois insulta os anfitriões.


  • A faca não é apenas um instrumento de cortar, mas também de empurrar. Na hora de pegar uma sobrinha de grãos, ela é de grande valia. E também pode ajudar o garfo a espetar um alimento. Admite-se também a ajuda de um pedacinho de pão.


  • Ser pontual. Como anfitrião, como convidado.


  • O ideal é chegar na hora. Admite-se até 30 minutos de atraso. Mais do que isso é falta de educação. Os anfitriões devem mandar servir uma hora após o estipulado no convite - em qualquer ocasião: familiar, formal ou informal, estando ou não todos os convidados. Não é justo que os outros convidados esperem demais.


  • Em aniversários de crianças, não se deve chegar nem um minuto atrasado. Pior ainda é atrasar na hora de buscar seu filho: Razões: Primeiro, a festinha tem hora certa de começar e terminar. Segundo, os pais do pequeno anfitrião podem ter outros compromissos e, atrasando a festa, eles também se retardarão. Terceiro, festinhas têm sempre uma atração (gincana, mágica, pequeno show, palhaços). A criança que chega atrasada perde a apresentação e fica deslocada em relação às demais. E em quarto, quem se atrasa para buscar seu filho sobrecarrega os pais do pequeno anfitrião com uma tarefa a mais, à qual eles não estão obrigados.


  • Em casa, não se deve interromper a refeição para atender um telefonema. Retorne a ligação após terminar. A hora de comer é sagrada. Se a pessoa que chamou não entende isso, paciência: é dela a falta de modos. A exceção é se for um caso de urgência.


  • É bom salientar: as maneiras das crianças refletem as de seus pais.
  • Não permitir que as crianças cometam alguma impropriedade à mesa com argumentos do tipo "ainda são pequenas", "necessitam ficar à vontade", "não devem ser reprimidas" ou "estão em casa, então pode". Diziam os antigos: "O hábito sai a passeio".


__________________

      ""   Milleni ""

millenib.flogbrasil.terra.com.br

Página 1 de 1  sorted by
 
Resposta rápida

Faça o loggin para postar respostas rápidas

Tweet this page Post to Digg Post to Del.icio.us


Create your own FREE Forum
Report Abuse
Powered by ActiveBoard